facebook youtube

Notícias

Programação Paralela à “Nervo Óptico: 40 anos”

Mostra celebrativa das 4 décadas do Nervo Óptico, finalizada no último dia 22 de julho, teve uma instigante programação paralela que mobilizou as duas sedes da Fundação Vera Chaves Barcellos.

Em exibição na Sala dos Pomares desde abril, após uma temporada no Centro Cultural São Paulo (novembro de 2016 a março de 2017), a exposição Nervo Óptico: 40 anos teve grande repercussão junto ao público. Em Viamão e em Porto Alegre, em suas sedes e em instituições parceiras, a FVCB realizou uma série de atividades que aproximaram o público das proposições do Nervo Óptico.

Desde a inauguração da mostra, que contou com uma visita mediada com Ana Albani de Carvalho, curadora da exposição, o Programa Educativo da FVCB desenvolveu a 13ª edição do Curso de Formação Continuada em Artes – programação gratuita realizada em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação de Viamão, direcionada a educadores com ou sem formação em Artes, e aberto ao público interessado.

Constituída por seis encontros, esta edição do Curso contou com a participação da curadora da mostra, a Profª Drª Ana Albani de Carvalho, e dos artistas Carlos Asp, Clóvis Dariano, Telmo Lanes e Vera Chaves Barcellos – presentes na ocasião do evento realizado em parceria com o SESC – Viamão, no qual foi exibido o documentário Nervo Óptico: Procura-se um Novo Olho, produzido pela Flow Films. O Curso contou também com encontro de orientação para elaboração de projetos, conduzido pela arte-educadora Margarita Kremer,coordenadora do Programa Educativo da FVCB; e uma oficina prática sobre fotografia com a artista e mediadora Ethiene Nachtigal. No último encontro, os presentes receberam o Material Educativo sobre a mostra. O material terá distribuição gratuita entre bibliotecas escolares e entidades culturais. Destacamos ainda que a mostra foi visitada por diversos grupos: artistas, teóricos, agentes do campo das artes visuais e escolares dos níveis fundamental, médio e universitário; e público em geral.

Visita da Escola  Cecília Meireles, de Gravataí.

Público em visita mediada à Nervo Óptico: 40 anos. Participação da FVCB na 15ª Semana de Museus.

Em seu Centro de Documentação e Pesquisa (CDP), situado na região central de Porto Alegre, foram realizados três encontros com pesquisadores, entre os meses de maio e julho. Com coordenação de Ana Albani de Carvalho, o ciclo intitulado Nervo Óptico e suas conexões | Estudos e Debates teve como proposta adensar o debate sobre a produção contemporânea, oportunizando ao público aproximar-se da prática da pesquisa em artes visuais realizada a partir de registros documentais armazenados em arquivos e Centros de Documentação e Pesquisa. A programação contou com a adesão de artistas, pesquisadores, acadêmicos e público em geral.

Ana Albani de Carvalho, curadora da mostra, inaugurou o ciclo de encontros. Intitulado Nervo Óptico: Outras Histórias, o evento integrou a 15° Semana de Museus.

Claudio Jansen, Lucia Xavier e Ana Albani de Carvalho no encontro Nervo Óptico e a Imagem Fotográfica.

Paulo Silveira e Charlene Cabral no encontro Nervo Óptico: Desdobramentos.

Em parceria com o Santander Cultural, a FVCB realizou entre os dias 06 e 07 de julho o ciclo de palestras Nervo Óptico em Tempo Presente. Com mediação de Ana Albani de Carvalho, curadora da mostra, a programação reuniu a artista e historiadora da arte Maria Helena Bernardes, o curador Marcio Harum (responsável por levar a mostra sobre o grupo para o Centro Cultural São Paulo); e parte do Nervo Óptico, representado pelos artistas Carlos Asp, Clóvis Dariano, Telmo Lanes e Vera Chaves Barcellos. Nervo Óptico em Tempo Presente contou também com a exibição do documentário Nervo Óptico: Procura-se um Novo Olho, da Flow Films.

Maria Helena Bernardes, Ana Albani de Carvalho e Marcio Harum em Nervo Óptico em Tempo Presente. (Foto: Hopi Chapman)

Público presente no primeiro dia do ciclo de palestras. (Foto: Hopi Chapman)

(Nervo Óptico representado pelos artistas Clóvis Dariano, Vera Chaves Barcellos, Carlos Asp e Telmo Lanes. Mediação: Ana Albani de Carvalho. Foto: Hopi Chapman).

 

Da esquerda para direita: Fernanda Cony, Clóvis Dariano, Ana Albani de Carvalho, Telmo Lanes, Vera Chaves Barcellos e Carlos Asp. Foto: Hopi Chapman.

Em parceria com a Flow Films, a FVCB está produzindo um documentário sobre a mostra Nervo Óptico: 40 anos, abrangendo sua versão no Centro Cultural São Paulo e a da Sala dos Pomares.

Canal do Educador n° 104

Confira os destaques do Canal do Educador n° 104.

 

O último Canal do Educador do semestre 2017/1 destaca o encerramento da mostra Nervo Óptico: 40 anos, com uma retrospectiva das atividades realizadas em paralelo à exibição da mostra.

Integram nosso informativo ainda dicas de leitura, a agenda expositiva da região metropolitana e a participação da artista Vera Chaves Barcellos na mostra Mais do que Araras, que entra em cartaz no Sesc Palladium (Belo Horizonte, Minas Gerais); e na exposição internacional Radical Women: Latin American Art, 1960-1985 (em português: Mulheres radicais: arte latino-americana, 1960 a 1985), no Hammer Museum (Los Angeles. CA, EUA), em setembro.

O Canal do Educador retorna no final de agosto, com novidades sobre nossa próxima exposição. Esta e outras edições do Canal do Educador, encontram-se disponíveis para leitura no site:
[+] http://fvcb.com.br/?page_id=1364

Nervo Óptico e Espaço N.O. são temas de pesquisa acadêmica

O Centro de Documentação e Pesquisa da FVCB recebeu na última quinta (20), a visita das pesquisadoras Alessandra G. Grade e Daniele Niewinski, graduandas em História da Arte, pelo Instituto de Artes da UFRGS.

Alessandra e Daniele pesquisam sobre o grupo Nervo Óptico (1977-1978) e o Espaço N.O. (1979 -1982), movimentos que contaram com a participação da artista Vera Chaves Barcellos, responsável em grande medida pela constituição do acervo documental sobre os grupos.

Salvaguardando vasto material documental, o Centro de Documentação e Pesquisa é aberto a pesquisa pública mediante agendamento prévio pelo e-mail: arquivo@fvcb.com .

Canal do Educador n° 103

Confira os destaques do Canal do Educador n° 103.

Esta edição do Canal traz na capa a obra Saída de Emergência, da artista Romanita Disconzi, que integra a exposição Nervo Óptico: 40 anos.

A artista, assim como Jesus Escobar, foi uma das signatárias do Manifesto, documento apresentado ao público em 1976, na exposição Atividades Continuadas, momento germinal que desdobra-se, posteriormente, na publicação do cartazete Nervo Óptico, entre 1977 e 1978.

Além de uma minibiografia de Romanita, o informativo apresenta indicações de leituras e links para pesquisa on-line. A programação expositiva da região e dicas de curso, também integram o boletim.

Esta e outras edições do Canal do Educador ficam disponíveis no site da FVCB:

[+] http://fvcb.com.br/?page_id=1364

Vera Chaves Barcellos no Sesc Palladium | Belo Horizonte

Em agosto, o Sesc Palladium (Belo Horizonte, Minas Gerais) inaugura mostra Mais do que Araras – exposição comemorativa dos 50 anos da icônica obra Tropicália, de Hélio Oititica. Saiba mais.

A artista Vera Chaves Barcellos participa da mostra Mais do que Araras, que entra em cartaz no Sesc Palladium (BH), no dia 08 de agosto.  A partir da imaginária em torno da instalação Tropicália, montada pela primeira vez no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, na exposição Nova Objetividade Brasileira em 1967, Raphael Fonseca, curador da mostra selecionou trabalhos de artistas contemporâneos brasileiros que, de diferentes pontos do Brasil, produzem obras que problematizam a ideia da tropicalidade desde uma perspectiva não literal. “A reflexão crítica em torno do que seria a identidade brasileira’, uma visualidade anti-tropical e a apreensão do corpo como protagonista e agente necessário para a mudança social são fulcrais a esse projeto. Para tal serão reunidas obras produzidas entre o final da década de 1960 e início de 1980 por artistas que pesquisavam esses tópicos de Norte a Sul do Brasil” - declara Fonseca.

A participação de Vera Chaves Barcellos será com os trabalhos Habitat e Pequena Estória de um Sorriso (1975) - obras que abordam aspectos da realidade brasileira, apresentando a problemática social do País, que de da época de sua produção até agora, pouco se alterou e até mesmo se agravou.

(Excerto Pequena Estória de um Sorriso, de Vera Chaves Barcellos, 1975).

(Excerto Habitat, de Vera Chaves Barcellos, 1975).

Além de Vera, Mais do que Araras conta com obras de  Anna Bella Geiger, Carlos Vergara, Edinízio Ribeiro Primo, Falves Silva, Jomard Muniz de Britto, José Ronaldo Lima, Letícia Parente, Mario Ishikawa, Neide Sá, Raymundo Colares, Regina Silveira, Regina Vater, Torquato Neto, e Daniela Seixas.

EXPOSIÇÃO MAIS DO QUE ARARAS

Abertura: 08 de agosto | 19h
Visitação: 09/08 a 01/10/2017 | Terça a domingo, 9h às 21h.
Galeria de Arte GTO | Sesc Palladium |Rua Rio de Janeiro, 1046
Avenida Augusto de Lima, 420
Centro – Belo Horizonte/MG

Acompanha a exibição da mostra, uma programação paralela com entrada franca.

CONVERSA COM ARTISTAS E CURADOR
Anna Bella Geiger, José Ronaldo Lima e Raphael Fonseca
11 agosto – 19h30
Teatro de bolso
*retirada de ingressos 30min antes

LEITURA DE PORTFÓLIO
Anna Bella Geiger
12 agosto – 9h30 às 17h30
Espaço Multiuso
Inscrições prévias

ENCONTRO COM PROFESSORES E EDUCADORES
19 agosto | 14h às 18h
Mezanino
Inscrições prévias

WORKSHOP
Quer que eu desenhe? O que é preciso dizer várias vezes
Daniela Seixas
30 setembro | 10h às 12h | 14h às 16h | 18h às 20h
Foyer Augusto de Lima e Rio de Janeiro
Inscrições prévias

 

Canal do Educador n° 102

Confira as novidades do Canal do Educador n° 102.

O caráter performático presente em produções do Nervo Óptico é tema do Canal do Educador n° 102.

Através da obra Pictografias I, de 1976,  da artista Mara Alvares, o informativo aborda esta temática.  Além disso, o Canal do Educador reúne textos para pesquisa on line, dicas de cursos e a agenda expositiva das instituições culturais da região metropolitana.

O Canal do Educador é um boletim quinzenal enviado a educadores e interessados em saber mais sobre o universo das Artes Visuais. Para receber nosso informativo, basta enviar e-mail para educativo@fvcb.com.

Canal do Educador n°101

Confira os conteúdos do Canal do Educador n° 101.

A partir da obra Diálogos Silenciosos, do artista Carlos Pasquetti, o Canal do Educador aborda questões relativas à comunicabilidade.  Uma breve biografia do artista, indicações de textos e links para pesquisa on-line integram o informativo que apresenta ainda dicas de exposições e cursos.

O Canal do Educador é um boletim informativo da Fundação Vera Chaves Barcellos enviado quinzenalmente para educadores e interessados em conhecer mais sobre o universo das artes visuais.  Para receber o Canal do Educador, basta enviar e-mail para educativo@fvcb.com.

Carol Biberg deixa a equipe da FVCB

Desde quando iniciou como estagiária, até desenvolver as atividades de Coordenação de Produção e Projetos,  foram quase oito anos pertencendo à equipe da FVCB, contribuindo para o crescimento e fortalecimento da instituição. No dia 16 de junho, Carol se despediu da direção e colegas da Fundação, assumindo em seguida novos desafios no Santander Cultural. A FVCB manifesta o desejo de que Carol alcance os mesmos belos resultados aqui obtidos através da sua competência, dedicação  e compromisso com o trabalho e a entidade.

Canal do Educador nº 100

Confira as novidades que a equipe da FVCB preparou para o Canal do Educador nº 100.

O Canal do Educador nº 100 destaca a obra do artista Clóvis Dariano. Ilustra a capa desta edição, uma das fotografias que integra a série Quando o objeto cria personagens alegóricos, década 1970-2016.
O Canal traz também a agenda do Curso de Formação Continuada em Artes da FVCB e do ciclo de encontros Nervo Óptico e suas Conexões | Estudos e Debates ; uma breve biografia de Dariano, links para pesquisa on-line, dicas de cursos e leituras além da programação artística e cultural da região metropolitana de Porto Alegre.

O Canal do Educador é um boletim informativo enviado por e-mail a educadores e interessados em conhecer mais sobre o universo das artes visuais. Para recebe-lo, basta enviar e-mail para educativo@fvcb.com.

Nota de Falecimento

Com grande lamento, comunicamos o falecimento de Maria do Carmo Tellechea, esposa do Presidente do Conselho Fiscal da FVCB, Pedro Chaves Barcellos Filho, ocorrido no último domingo, 14 de maio.  A direção, conselheiros e toda a equipe da FVCB enviam suas condolências e solidariedade ao Pedro e seu filho, desejando-lhes um pronto restabelecimento.