facebook youtube

Agenda

Encerramento Nervo Óptico: 40 anos

Sábado, 22 de julho, a Fundação Vera Chaves Barcellos convida para o encerramento da mostra Nervo Óptico: 40 anos. Saiba mais. (Em destaque: Um dia eu volto, de Telmo Lanes e Clóvis Dariano, 1978)

Em cartaz na Sala dos Pomares desde abril deste ano, Nervo Óptico: 40 anos celebrou a contemporaneidade das proposições artísticas do Nervo Óptico, grupo de artistas que há quatro décadas renovou a linguagem artística desde o Sul do País.

Para o evento, a FVCB disponibilizará transporte gratuito (ida e volta) POA – Viamão – POA, com saída às 14h, em frente ao Theatro São Pedro – Centro Histórico de Porto Alegre.

Para reservar lugar no transporte é necessário realizar inscrição prévia pelos telefones (51) 3228-1445 | (51) 98498-5994  ou por e-mail: info@fvcb.com.

Encerramento Nervo Óptico:40 anos
Quando: 22 de julho, Sábado
Horário: 14h às 17h
Onde: Sala dos Pomares | Av. Senador Salgado Filho, 8450
Viamão – RS.

 

Nervo Óptico: Desdobramentos

O último encontro do ciclo Nervo Óptico e suas conexões acontece na próxima terça, 11 de julho, no Centro de Documentação e Pesquisa da FVCB.

Charlene Cabral e Paulo Silveira são os convidados do último encontro do ciclo Nervo Óptico e suas conexões, programação realizada no Centro de Documentação e Pesquisa da Fundação Vera Chaves Barcellos.

Nervo Óptico: Desdobramentos aborda os impactos e reverberações das proposições do Nervo Óptico no campo das artes visuais, estabelecendo relações com a chamada arte postal (ou arte correio) e também com as publicações de artistas.

Com entrada franca, a programação é um convite para a reflexão sobre questões transversais às produções dos artistas que integraram o Nervo Óptico em uma perspectiva expandida, conduzida pelo olhar de pesquisadores convidados. O evento também oferece ao público a oportunidade de se aproximar da prática da pesquisa em artes visuais, realizada a partir de registros documentais armazenados em arquivos e Centros de Documentação e Pesquisa.  O evento tem coordenação da Profª Drª Ana Albani de Carvalho, curadora da mostra Nervo Óptico: 40 anos.

Para participar do encontro, é necessária inscrição prévia: info@fvcb.com ou pelos telefones (51) 3228-1445 ou 9810-21059.

Confira a programação

Por que as publicações de artistas? Conexões com livros e periódicos | Prof. Dr. Paulo Silveira

Arte Correio dentro e fora do Espaço | Charlene Cabral

Nervo Óptico: Desdobramentos
Quando: TERÇA, 11 de julho
Horário: das 16h às 18h
Onde: Centro de Documentação e Pesquisa da FVCB | Av. Julio de Castilhos, 159, 6º andar – Centro Histórico | Porto Alegre – RS
Inscrições: (51) 3228-1445 ou 9810-21059 | info@fvcb.com
Vagas: 10

Sobre os participantes:

Paulo Silveira

Bacharel em Artes Plásticas (com habilitações em Desenho, 1986, e em Pintura, 1988) e em Comunicação Social (1980) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestre e Doutor em Artes Visuais pela UFRGS (1999 e 2008, ênfase em História, Teoria e Crítica da Arte, incluindo estágio de pesquisa de doutoramento junto a Université Paris 1, Panthéon-Sorbonne, 2006). Professor Adjunto no Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, atuando na graduação e na pós-graduação. Pesquisador do campo das Artes Visuais, especialmente história e teoria da arte (com ênfase no estudo da linguagem e contexto de obras e dispositivos instauradores da arte contemporânea), intermídia histórica, percepção da obra de arte, estética e retórica das publicações de artistas e metodologia da pesquisa. Membro do Comitê Brasileiro de História da Arte, CBHA, e da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas, ANPAP (comitê de História, Teoria e Crítica de Arte). Colaborador de instituições acadêmicas, grupos de investigação e publicações do Brasil e do exterior. Criador e coordenador do Fundar: grupo de pesquisa sobre instauradores da arte contemporânea (UFRGS/CNPq). De 1982 a 2010 foi Programador Visual (técnico-administrativo classe E) da Editora da UFRGS, sendo coordenador da Seção de Editoração de 1997 a 2010.

Charlene Cabral

Charlene Cabral é graduanda no Bacharelado em História da Arte da UFRGS, com estudos em fotografia pela GrisArt Escola Internacional de Fotografia (Barcelona, Espanha). Integra o projeto de pesquisa Artistas viajantes: itinerários entre o passado e a contemporaneidade, coordenado por Eduardo Veras, dentro do qual dá seguimento a uma pesquisa poético-teórica, em curso desde 2015, sobre questões da rede de Arte Correio a partir da década de 1960 até os dias de hoje. Profissionalmente, atua como fotógrafa, é criadora do selo de publicações independentes Vendo Luzes in-edições, idealizadora da Feira Folhagem, colaboradora em Casa Baka Arte e Cultura e mediadora no programa educativo da Fundação Iberê Camargo.

 

Nervo Óptico em Tempo Presente

Nos dias 06 e 07 de julho, das 17h às 19h, a Fundação Vera Chaves Barcellos promove o ciclo de palestras Nervo Óptico em Tempo Presente, com coordenação da Profª Drª Ana Albani de Carvalho, curadora da mostra Nervo Óptico: 40 anos. Saiba mais.

 

Há 40 anos, Carlos Asp, Carlos Pasquetti, Clovis Dariano, Mara Alvares, Telmo Lanes e Vera Chaves Barcellos publicavam o primeiro cartazete NERVO ÓPTICO. Agora, em 2017, em paralelo à exposição Nervo Óptico: 40 anos, a FVCB em parceria com o Santander Cultural promovem o ciclo de palestras Nervo Óptico em Tempo Presente, nos dias 06 e 07 de julho, das 17h às 19h. Com mediação de Ana Albani de Carvalho, curadora da mostra, o ciclo de palestras reúne Maria Helena Bernardes, Marcio Harum e alguns dos artistas que integraram o Nervo Óptico.

O evento tem entrada franca e requer inscrição prévia (informações logo abaixo). A FVCB emitirá certificado aos participantes. A programação celebra a potência e a contemporaneidade das proposições artísticas e do posicionamento crítico do Nervo Óptico.

Programação:

06 de julho: Anos 70 | Perspectiva Histórica

Nervo Óptico em contexto: arte e vida na década de 1970 | Maria Helena Bernardes

Nervo Óptico Aqui e Agora| Marcio Harum

Debatedora: Ana Albani de Carvalho

07 de julho
Exibição do documentário: Procura-se um Novo Olho (Flow Films) + debate com artistas Carlos Asp, Clóvis Dariano, Telmo Lanes e Vera Chaves Barcellos - do Nervo Óptico.
Debatedora: Ana Albani de Carvalho

Nervo Óptico em Tempo Presente
Quando: 06 e 07 de julho
Horário: das 17h às 19h
Onde: Santander Cultural | Rua 7 de Setembro, 1028 – Centro Histórico | Porto Alegre – RS
Informações: www.fvcb.com | www.facebook.com/fvcbarcellos
Inscrições: (51)3228-1445 | (51) 981021059 | info@fvcb.com

 

Sobre os participantes:

 

Ana Albani de Carvalho

Doutora em Artes Visuais – História Teoria e Crítica de Arte (Pós-Graduação em Artes Visuais – Instituto de Artes, UFRGS) com estágio junto a École des Hautes Études en Scientces Sociales (Paris, França). Possui mestrado (1994) e graduação (1985) na mesma área. Desenvolve pesquisas sobre Arte Contemporânea no Brasil, com ênfase na produção realizada durante os anos 1960 e 1970. Vice-presidente da ANPAP – Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas no período 2015 e 2016. Coordenou o Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais – IA/UFRGS (gestão 2013 a 2015). Professora, pesquisadora e orientadora no Programa de Pós-graduação em Artes Visuais da UFRGS (Mestrado e doutorado) e do Depto. de Artes Visuais (IA- UFRGS), desde 1996. Integra o corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio (FABICO – UFRGS), como Membro da Comissão Coordenadora na gestão 2017. Coordenou a Galeria da PINACOTECA do Instituto de Artes, Ufrgs, entre 2007 e 2010 e o Projeto UNIARTE (Unicultura – Pro-RExt – UFRGS) responsável por curadorias e exposições de arte. Integra a Coordenação do Laboratório de História da Arte, vinculado ao Depto. de Artes Visuais, IA, UFRGS e a Comissão Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Artes Visuais – gestão 2011 a 2013. Integrou a Direção cultural da FVCB (voltada à produção em arte contemporânea, com sede no RGS), entre 2005 e 2011 e atualmente coordena projeto de pesquisa no Centro de Documentação e Pesquisa na Fundação Vera Chaves Barcellos, desenvolvendo projetos de curadoria e expografia.

Maria Helena Bernardes

Formada em Artes Plásticas pela UFRGS, atua como artista visual e professora de História e Teorias da Arte. É coautora do Projeto Areal, publicando os livros: Vaga em Campo de Rejeito. (Documento Areal 02. São Paulo: Escrituras, 2003); História de Península e Praia Grande/Arranco (com André Severo, Documento Areal 07. Porto Alegre: Fundação Bienal do Mercosul, 2009). Dilúvio (com André Severo, Documento Areal 10. Belo Horizonte: Ja.Ca, 2010). A Estrada que não Sabe de Nada (com Ana Flávia Baldisserotto, Documento Areal 11. Rio de Janeiro: Confraria do Vento) e Ensaio (com André Severo, Documento Areal 12. São Paulo: Panorama da Arte Brasileira, 2011).

Marcio Harum

Foi curador de artes visuais do Centro Cultural São Paulo de 2012 a 2016. Em 2017 apresentou a exposição SAMICO BETWEEN WORLDS [Rumors of War in Times of Peace] no Dream Box em Nova York. Realizou as mostras em 2016: Transmigração de Arnaldo Dias Baptista na Caixa Cultural em São Paulo e A Cidade, as Ruínas e Depois na Torre Malakoff/Funarte no Recife. Em 2015, inaugurou as individuais Bambaísmo de Daniel Barclay na Sala Miró Quesada, em Lima (Peru) e Estados ordinários da consciência de Michel Zózimo no Santander Cultural de Porto Alegre, e participou da comissão nacional da 5ª edição do Prêmio CNI- SESI Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas. É um dos fundadores do espaço independente CHÃO em São Luís do Maranhão. Vive em São Paulo.

Lançamento do Material Educativo | Nervo Óptico: 40 anos

O último encontro da 13ª edição do Curso de Formação Continuada em Artes da FVCB será neste sábado, 1º de julho. Na ocasião, os participantes receberão o Material Educativo | Nervo Óptico: 40 anos. Saiba mais.

O 5º e último encontro desta edição do Curso de Formação Continuada em Artes, programação educativa da FVCB realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Viamão, será dedicado à troca de relatos e experiências dos professores participantes da programação, a partir das visitas mediadas à Sala dos Pomares e dos encontros do Curso.

Na ocasião, o Programa Educativo da FVCB lançará o Material Educativo | Nervo Óptico: 40 anos. Composto por 8 propostas de trabalho, elaboradas a partir de uma seleção de obras em exibição na mostra Nervo Óptico: 40 anos,  o material também apresenta indicações de filmes e livros, com a finalidade de ampliar as possibilidades de abordagem da arte contemporânea no espaço escolar. A distribuição do material educativo será gratuita. Após o lançamento bibliotecas e entidades culturais receberão o material.

Lançamento do Material Educativo Nervo Óptico: 40 anos + Apresentação de Projetos, relatos e experiências
Quando: Sábado, 1º de julho
Horário: das 9h às 12h
Local: Secretaria Municipal de Educação de Viamão – Casa Rural, Calçadão Tapir Rocha, 49, centro de Viamão.

Informações: educativo@fvcb.com

Programação FVCB em julho

Confira a programação paralela à exposição Nervo Óptico: 40 anos no mês de julho.

No último mês de exibição da mostra Nervo Óptico: 40 anos, a FVCB promove uma intensa programação paralela.

Projeto Educativo | Nervo Óptico: 40 anos

1º de julho | Apresentação de Projetos, relatos e experiências
Horário: das 9h às 12h
Local: Secretaria Municipal de Educação de Viamão – Casa Rural, Calçadão Tapir Rocha, 49, centro de Viamão.

Ciclo de Palestras no Santander Cultural

Nos dias 06 e 07 de julho, a FVCB promove, com apoio do Santander Cultural, o ciclo de palestras Nervo Óptico em Tempo Presente. Com coordenação da Profª Drª Ana Albani de Carvalho, curadora da mostra Nervo Óptico: 40 anos, a programação tem entrada franca.

06 de julho: Anos 70, perspectiva histórica
Maria Helena Bernardes
Márcio Harum
Ana Albani de Carvalho

07 de julho
Exibição do documentário: Procura-se um Novo Olho (Flow Films)
Artistas do Nervo Óptico
Ana Albani de Carvalho

Nervo Óptico em Tempo Presente
Quando: 06 e 07 de julho
Horário: das 17h às 19h
Onde: Santander Cultural | Rua 7 de Setembro, 1028 – Centro Histórico | Porto Alegre – RS
Informações: www.fvcb.com | www.facebook.com/fvcbarcellos
Inscrições: (51)3228-1445 | (51) 981021059 | info@fvcb.com

 

Nervo Óptico e suas conexões

No dia 11 de julho, acontece no Centro de Documentação e Pesquisa o último encontro da série Nervo Óptico e suas conexões.

Com entrada franca, o evento tem 10 vagas.

Nervo Óptico: Desdobramentos

Arte Correio dentro e fora do Espaço | Charlene Cabral

Por que as publicações de artistas? Conexões com livros e periódicos | Paulo Silveira

Horário: das 16h às 18h
Onde: Centro de Documentação e Pesquisa | Av. Júlio de Castilhos - Centro Histórico | Porto Alegre – RS
Informações: www.fvcb.com | www.facebook.com/fvcbarcellos
Inscrições: (51)3228-1445 | (51) 981021059 | info@fvcb.com

Oficina sobre Fotografia no Curso de Formação Continuada em Artes

O próximo encontro do Curso de Formação Continuada em Artes contará com a participação de Ethiene Natchigall.(Imagem em destaque: Maras (detalhe da série), trabalho da artista Vera Chaves Barcellos, de 1977 (Fonte: Centro de Documentação e Pesquisa FVCB).

(Viamão, Sábado, 17 de junho) A fotografia como modo de ver, ver-se e dar a ver  é o título do 5ª encontro do Curso de Formação Continuada em Artes da FVCB que acontece das 9h às 12h, na Casa Rural, sede da Secretaria Municipal de Educação de Viamão.

De caráter prático, a atividade ministrada pela artista e arte-educadora Ethiene Natchigall aborda a fotografia em uma interlocução com a mostra Nervo Óptico: 40 anos, estabelecendo conexões entre os usos da fotografia na arte contemporânea e debatendo possibilidades de abordagem da imagem fotográfica pelos educadores.

A FOTOGRAFIA COMO MODO DE VER, VER-SE E DAR A VER
Data: SÁBADO, 17 de junho de 2017
Horário: 9h às 12h.
Local: Casa Rural – Sede da Secretaria Municipal de Educação de Viamão/RS | Calçadão Tapir Rocha, 49, Centro.
Informações:educativo@fvcb.com

A atividade integra a 13ª edição do Curso de Formação Continuada em Artes da Fundação Vera Chaves Barcellos.

Sinopse: Ver o mundo de outro modo. Inventar mundos. Inventar a si mesmo. O artista, como alguém em estado de disponibilidade, percebe, interage e transborda sua relação com o mundo. O foco desta oficina é, a partir da interlocução com a mostra Nervo Óptico: 40 anos, pensar a fotografia como um dos meios para este transbordamento, como forma de percepção do mundo, de si mesmo, e de dar visibilidade à diversidade de modos possíveis de partilha destas experiências. Através de exercícios práticos, abordagens teóricas e muita conversa, a proposta é pensar e compartilhar formas de trabalhar, sobretudo no ambiente escolar, com estas e outras questões da fotografia na arte contemporânea.

Mini currículo: Ethiene Nachtigall (Pelotas, 1971) é artista visual e atriz, com graduação em Artes Plásticas (IA/UFRGS), mestrado em Poéticas Visuais (PPGAV/UFRGS) e doutorado em Educação (ainda inconcluso, pelo PPGEdu/UFRGS). Atuou como docente no ensino básico e superior, como mediadora e produtora cultural. Integrou a equipe permanente do Programa Educativo da Fundação Bienal do Mercosul de 2007 a 2012, período em que coordenou os Cursos de Formação de Mediadores e equipes de mediação da 6ª à 8ª edições da mostra. Atuou na coordenação da REM-RS (Rede de Educadores em Museus do Rio Grande do Sul), entre 2011 e 2013. Artista integrante da coleção Vera Chaves Barcellos com a obra “3×1 (reprodução)”, fotografia, 1999-2001.

Nervo Óptico e a imagem fotográfica

Segundo encontro do ciclo Nervo Óptico e suas Conexões | Estudos e Debates destaca pesquisas de historiadores da arte sobre artistas do Nervo Óptico. Saiba mais.

O Centro de Documentação e Pesquisa da FVCB promove no próximo dia 13 de junho, das 16h às 18h, o encontro Nervo Óptico e a imagem fotográfica, com os historiadores da arte Cláudio Jansen e Lucia Marques.  A programação conta também com a participação da Profª Drª Ana Albani de Carvalho, curadora da mostra Nervo Óptico: 40 anos, que coordenará o debate.

Bacharéis em História da Arte pelo Instituto de Artes da UFRGS, Jansen e Lucia encontraram na base documental do CDP fundamentos para realizar pesquisas sobre os artistas do grupo Nervo Óptico. Reconhecendo no fenômeno artístico uma instância geradora de conhecimentos, o ciclo de encontros Nervo Óptico e suas Conexões busca difundir diferentes reflexões sobre o grupo de artistas e estabelecer uma rede de interação entre pesquisadores e público em geral, de modo a dar consistência ao debate sobre arte contemporânea.

PROGRAMAÇÃO

A fotografia no trabalho de Carlos Pasquetti

A fotografia sempre esteve presente no trabalho de Carlos Pasquetti. Uma imagem que transita ao longo de algumas décadas através de suas reinterpretações permite ver seus desdobramentos em diversas formalizações resultantes da criação do artista. E perceber a importância de uma concepção fotográfica, influente em várias proposições, dentro de sua obra.

Mistos, meios e múltiplos na fotografia

Estudos sobre a linguagem fotográfica como prática artística a partir das séries Memória de Barcelona, de Vera Chaves Barcellos, Íntimo Exterior, de Telmo Lanes e A parte pelo todo, de Clóvis Dariano, expostas em 1978 na mostra Mixtos e Manias.

 

Nervo Óptico e a imagem fotográfica | Encontro com os pesquisadores Cláudio Jansen e Lucia Marques

Onde: Centro de Documentação e Pesquisa da FVCB | Av. Júlio de Castilhos, 159 | 6° andar | Centro Histórico de Porto Alegre – RS.
Horário: das 16h às 18h
Inscrições: info@fvcb.com | (51) 3228-1445 | (51)984985994
Vagas disponíveis: 10
Entrada Franca.
Informações: www.fvcb.com | www.facebook.com/fvcbarcellos

 

Sobre os pesquisadores:

Cláudio Jansen é mestrando em Artes Visuais – História, Teoria e Crítica – PPGAV/UFRGS. Bacharel em História da Arte, pelo Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS (2013). Aluno do curso de Artes Visuais do Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, de 1995/1 a 1999/1.

Lucia Marques é bacharela em História da Arte pelo Instituto de Arte da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2016) e desenvolve produção visual cruzando imagem fotográfica, colagem e escrita.

 

Exibição de documentário e encontro com artistas do Nervo Óptico

A FVCB promove, em parceria com o SESC – Viamão, no próximo dia 10 de junho, a exibição do documentário Nervo ÓpticoProcura-se um Novo Olho (Flow Films, 2013) seguido de debate com artistas do grupo Nervo Óptico.

A Fundação Vera Chaves Barcellos em parceria com o SESC- Viamão apresentam Nervo Óptico em Debate, evento no qual será exibido o documentário Nervo ÓpticoProcura-se um Novo Olho seguido de debate com os artistas Vera Chaves Barcellos, Carlos Asp, Telmo Lanes e Clóvis Dariano – participantes do grupo.

Filmado com recursos do FAC-RS, o documentário  resgata a história do grupo, responsável por uma intensa renovação no circuito artístico do Rio Grande do Sul. Dirigido por Karine Emerich e Hopi Chapman, o filme destaca o protagonismo dos seis artistas integrantes do Nervo Óptico, que, entre 1976 e 1978, publicaram treze cartazetes, fizeram performances, fotografias, filmes em super 8 e colocaram a cidade no cenário internacional da arte contemporânea. O filme traz registros inéditos feitos na época, além de depoimentos atuais dos artistas que fizeram parte do movimento.

 

NERVO ÓPTICO EM DEBATE
Encontro com artistas do Nervo Óptico + Exibição do documentário: Nervo ÓpticoProcura-se um Novo Olho
SÁBADO: 10 de junho de 2017
Horário:15h às 17h
SESC | Unidade Viamão/RS | Rua Alcebíades dos Santos, 457, Centro.
Inscrição: educativo@fvcb.com
Evento paralelo à exposição Nervo Óptico: 40 anos, em cartaz na Sala dos Pomares.

 

 

 

Encontro com a Curadora Ana Albani de Carvalho

Neste sábado, 20 de maio, acontece o 3° encontro do Curso de Formação Continuada em Artes. A historiadora da arte Ana Albani de Carvalho, curadora da mostra Nervo Óptico: 40 anos, participa da programação educativa da FVCB.

O Curso de Formação Continuada em Artes da FVCB recebe neste sábado, 20 de maio, a Profª Drª Ana Albani de Carvalho, curadora da exposição Nervo Óptico: 40 anos. Ana pesquisa sobre o grupo Nervo Óptico desde os anos 90. No encontro, a curadora abordará aspectos históricos da atuação do grupo e os impactos destas proposições no campo artístico.

20/05 (Sábado) – 3º Encontro | Encontro com a Curadora Ana Albani de Carvalho
Horário: 9h às 12h.
Local: Casa Rural – Sede da Secretaria Municipal de Educação de Viamão/RS, Calçadão Tapir
Rocha, 49, Centro.

SOBRE ANA ALBANI DE CARVALHO

Doutora em Artes Visuais – História Teoria e Crítica de Arte (Pós-Graduação em Artes Visuais – Instituto de Artes, UFRGS) com estágio junto a École des Hautes Études en Scientces Sociales (Paris, França). Possui mestrado (1994) e graduação (1985) na mesma área. Desenvolve pesquisas sobre Arte Contemporânea no Brasil, com ênfase na produção realizada durante os anos 1960 e 1970. Vice-presidente da ANPAP – Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas no período 2015 e 2016. Coordenou o Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais – IA/UFRGS (gestão 2013 a 2015). Professora, pesquisadora e orientadora no Programa de Pós-graduação em Artes Visuais da UFRGS (Mestrado e doutorado) e do Depto. de Artes Visuais (IA- UFRGS), desde 1996. Integra o corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Museologia e Patrimônio (FABICO – UFRGS), como Membro da Comissão Coordenadora na gestão 2017. Coordenou a Galeria da PINACOTECA do Instituto de Artes, Ufrgs, entre 2007 e 2010 e o Projeto UNIARTE (Unicultura – Pro-RExt – UFRGS) responsável por curadorias e exposições de arte. Integra a Coordenação do Laboratório de História da Arte, vinculado ao Depto. de Artes Visuais, IA, UFRGS e a Comissão Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Artes Visuais – gestão 2011 a 2013. Integrou a Direção cultural da FVCB (voltada à produção em arte contemporânea, com sede no RGS), entre 2005 e 2011 e atualmente coordena projeto de pesquisa no Centro de Documentação e Pesquisa na Fundação Vera Chaves Barcellos, desenvolvendo projetos de curadoria e expografia.

SOBRE O CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA EM ARTES

O Curso de Formação Continuada em Artes é uma iniciativa da Fundação Vera Chaves Barcellos, realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Viamão.  A programação oportuniza encontro com pesquisadores, teóricos, curadores e artistas – de modo a aproximar educadores e público interessado ao universo das artes visuais, com o intuito de fomentar o debate e a reflexão em torno da arte contemporânea, partindo das exposições em cartaz na Sala dos Pomares.

Lembramos que as inscrições para o Curso permanecem abertas, podendo ser feitas por e-mail educativo@fvcb.com ou pelo telefone (51) 98229-3031. A programação tem entrada franca.

Nervo Óptico: Outras Histórias

Centro de Documentação e Pesquisa promove na próxima terça, 16 de maio, Nervo Óptico: Outras Histórias, com Ana Albani de Carvalho.

Outras histórias, sobre arte contemporânea e o circuito de arte em Porto Alegre nos anos 70, a partir de documentos. Esta é a proposta do encontro deste 16 de maio, no Centro de Documentação e Pesquisa da FVCB que inaugura o ciclo de encontros Nervo Óptico e suas Conexões | Estudos e Debates.  O encontro acontecerá na sede da Fundação Vera Chaves Barcellos em, Porto Alegre.

A atividade integra a programação da 15ª Semana de Museus – temporada cultural do IBRAM.  Dando sequência a participação da FVCB na semana, no sábado, 20 de maio, haverá visita mediada à exposição Nervo Óptico: 40 anos, em cartaz na Sala dos Pomares, em Viamão. Ambas as atividades tem entrada franca, sendo necessário inscrever-se previamente.

Nervo Óptico: Outras Histórias
Ministrante: Ana Albani de Carvalho
Onde: Centro de Documentação e Pesquisa da FVCB | Av. Júlio de Castilhos, 159 | 6° andar | Centro Histórico de Porto Alegre – RS.
Horário: das 17h às 18h.
Inscrições: info@fvcb.com | (51) 3228-1445 | (51)984985994
Vagas disponíveis: 10
Entrada Franca.